As casas da dengue


Abandonadas, destelhadas, cheias de entulho, abrigos para sem-teto, consumidores de drogas, berço de ratos, focos de pragas e, principalmente, dengue. Os donos desses imóveis são um péssimo exemplo de respeito ao próximo, ao bairro, à vizinhança e à cidade. Pouco importa suas justificativas. Que esses proprietários tenham outros imóveis, outros interesses etc. A vizinhança não pode pagar por isso. Esses lugares precisam de um mínimo de manutenção e limpeza. Não se trata apenas de questão de segurança, mas também de saúde pública. Vidas estão correndo perigo. E as ruas estão se transformando em cópias da Avenida Celso Garcia. Esses são alguns dos endereços da dengue na vilas Santa Isabel e Carrão: - Avenida Norberto Mayer, 361 (Sta. Isabel) - Avenida Norberto Mayer, 406 (Sta. Isabel) - Rua Juca Mendes, 572, esquina com Rua Xiririca (Carrão) - Rua Dulce, 321 (Carrão) Há muito mais imóveis. Milhares de casas da dengue... Vila Santa Isabel, Formosa, Aricanduva, Carrão, Mooca, Brás, Santana, Jabaquara... São Paulo inteira. De que adianta tormarmos as providências contra a dengue em nossas casas se o imóvel ao lado é abandonado e cheio de focos do 'aedes aegypti'? Denuncie para a Prefeitura, para um conselheiro participativo ou para esta página, para que as reclamações sejam devidamente encaminhadas e providências sejam tomadas. Esses proprietários não sabem o que é cidadania. Mas pessoas de bem sabem. Site da Prefeitura de São Paulo: http://sac.prefeitura.sp.gov.br E-mail: cinemoura@yahoo.com.br (Rogério de Moura)

0 comentários:

Note: Only a member of this blog may post a comment.